Menu

Escola Superior de Polícia Civil - ESPC

Endereço: Qd. 17 conj. 01 lt. 01 e 02 Riacho Fundo II CEP: 71881687 

O embrião da Escola Superior de Polícia Civil do Distrito Federal surgiu no ano de 1960 com a denominação de Academia de Polícia do Departamento Federal de Polícia, para, no ano seguinte, se transformar na Academia Nacional de Polícia, vinculada a Superintendência de Polícia Federal.

No ano de 1965 foi criado no âmbito da Polícia do Distrito Federal o Setor Escolar na Divisão de Polícia Técnica com o intuito de periodicamente apresentar estudos acerca da necessidade de instrução, cursos, estágios e concursos para os seus servidores.

No ano de 1968 foi criada na estrutura da Polícia do Distrito Federal a Escola de Policia do Distrito Federal, organizada em Seção de Expediente e Arquivo, Seção de Didática e Serviço de Educação Física, funcionando no Bloco 10 da Esplanada dos Ministérios, por não possuir sede própria. A partir daquele ano a formação e o recrutamento dos servidores da Polícia do Distrito Federal passaram a ser realizados em parceria com o Instituto de Desenvolvimento de Recursos Humanos do Distrito Federal – IDR que cuidava de todo o processo seletivo.

Em 1972, a Escola de Polícia passou a denominar-se Escola de Polícia de Brasília — EPB e em 1975 foi renomeada de Escola de Polícia – ESCOL, passando por modificações em sua estrutura e mudando-se para o Bloco “O” do Setor de Autarquias Sul, sede do Departamento Federal de Segurança Pública – DFSP.

Contudo, no ano de 1980 a Escola de Polícia foi transferida para o prédio da Secretaria de Segurança Pública em Taguatinga Centro, onde já funcionavam outras unidades policiais, considerando que as novas instalações ofereciam espaços mais apropriados para a atividade acadêmica e atendimento privado de diversos cursos.

Já no ano de 1982 foi que a Escola de Polícia recebeu uma sede definitiva no local onde seria o Fórum de Taguatinga – DF, passando a denominar-se Academia de Polícia Civil do Distrito Federal em 1984, após ser reestruturada com a sua configuração atual de Direção, Assessoria, Divisão Técnica de Ensino, Divisão de Gestão de Concursos e Divisão de Apoio ao Ensino, além de suas várias seções, serviços e museu.

Finalmente, no ano de 2011 a Academia de Polícia Civil do Distrito Federal foi transferida para sua atual sede no Riacho Fundo II, onde cumpre com distinção o seu papel institucional. Em 06 de julho de 2018, a Academia de Polícia Civil passou a se chamar Escola Superior de Polícia Civil com a publicação do Decreto nº 39.218.

No decorrer de seu processo evolutivo a Escola Superior de Polícia Civil se notabilizou nacional e internacionalmente como referência na formação e ensino de polícia judiciária, incorporando em seu curriculum pedagógico modernas técnicas policiais, sob o norte da matriz curricular nacional, adotada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública – SENASP, além de firmar convênios e intercâmbios com instituições policiais de reconhecimento mundial, a exemplo da CIA, FBI, Scotland Yard e INTERPOL, dentre outras, que ministram diversos cursos e palestras nesta instituição de ensino de forma a contribuir para torná-la um polo atrativo para policiais civis e federais brasileiros em suas formações acadêmicas.


Última modificação em Quarta, 06 Maio 2020 14:59